Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2007
Proibições

O tabaco faz mal. O tabaco mata. Por acaso, a poluição dos grandes centros urbanos não. E o tipo de alimentação que os portugueses fazem é excelente para a saúde: gorduras em excesso, sal em excesso, etc.

Por acaso, o álcool não faz mal. Nem mata. Nem é responsável por inúmeros acidentes de automóveis com o inacreditável número de vítimas.

E outra coisa que não faz mal nenhum é a venda de shots a miúdos de 12 e 13 anos aos olhos de todos. Sabem o número de comas alcoólicos por fim-de-semana só na Grande Lisboa? E a idade dos pequenos?

Quanto à droga, é coisa para nos levar a ter muita peninha de quem padece do mal. Pois. E qualquer pessoa que ande a pé no Bairro Alto sabe bem quantas vezes lhe é oferecida a panóplia completa, tipo "droga a la carte", é só escolher.

As discotecas em Lisboa fecham a água das casas de banho para os meninos e meninas serem obrigados a pagarem a dita, porque o ecstasy dá uma sede dos diabos. Pois, mas o importante mesmo é proibirem o tabaco!

E a violência nas escolas, na noite, em casa?

Claro que é resultado do tabaco! Logo, uma vez que a nova Lei vai entrar em Janeiro, podemos todos estar mais descansados.

Todos os problemas estão terminados. Como fumadora, tenho consciência que o tabaco me faz mal. Sou maior de idade e se ainda não consegui acabar com o vício, sim, vício, o problema é meu.

Tenho perfeita consciência de que não se fuma numa ambiente com pouco ar e com crianças, ou outras pessoas a quem o tabaco incomode.

Mas recuso-me a aceitar este "politicamente correcto" importado via EUA e que se espalhou pela Europa.

Problema meu? Não sei. Porque talvez o Estado devesse olhar também para os fumadores como pessoas que necessitam de "salas de chuto" em vez de criminosos!

in Destak 11.12.07



publicado por Luísa Castel-Branco às 16:56
link do post | comentar

10 comentários:
De osmeusprincipes.blogspot.com a 15 de Dezembro de 2007 às 19:16
Olá, Luisa .
Vim aqui ter nem sei bem como, mas o que importa é que vim...e gostei!!
Têm toda a razão no que escreveu sobre o tabaco. Sou mãe de três filhos, dois na terra e um no céu, nunca consegui deixar de fumar, apenas reduzi. Não fumo em casa ,nem quando estou com crianças e nunca precisei de nenhuma lei para o fazer, isso depende da consciência de cada um.
Concordo que seja proibido fumar em alguns sítios mas arranjem salas de fumadores.
Um bom fim de semana e um beijinho


De Patrícia a 15 de Dezembro de 2007 às 21:41
Se o mal deste país residisse no "fumar/deixar de fumar"...


De Beijaflor a 26 de Dezembro de 2007 às 22:57
Olá,

De facto, considero esta lei uma hipocrisia!
Vamos ver no que "isto" vai dar...

Parabéns pelo blog. Gostei.
Beijos


De pilo a 28 de Dezembro de 2007 às 17:04
Gosto do seu blog. Concordo com o que diz, mas acredite que há muitas pessoas que não têm noção do mal que estão a fazer aos outros, fumando em certos locais, como tal, só através de uma lei se pode tentar evitar isso. Embora ache que devam ser criadas condições para que os fumadores possam fumar nos espaços onde até agora estavam habituados a fumar.


De João Cordeiro a 28 de Dezembro de 2007 às 18:29
Também tenho esse maldito vicío... no entanto penso que não é motivo para nos colocarem num campo de concentração!


Um bom 2008 com muito sonho à mistura.

JC


De L.C. a 30 de Dezembro de 2007 às 20:32
Boa Noite!
Vim aqui parar e nem sei bem como. Mas não posso deixar de comentar estes post.
Em primeiro lugar porque sou completamente a favor desta nova lei, e acho que só não vem tarde, porque nunca é tarde demais para se mudar para melhor. A Luísa, como fumadora, diz que tem perfeita consciência de que não deve fumar quando estão crianças presentes, etc, etc. Curiosamente, todos os fumadores dizem o mesmo e o que vejo por aí fora não é isso. Reconheço que fumar é um vício, é uma droga e é preciso força de vontade para o largar. Mas é acima de tudo uma opção dos fumadores, por isso não se justifica que aqueles que não fumam sejam obrigados a apanhar com o fumo quando querem ir tomar um café com amigos, jantar com o marido e filhos ou simplesmente ir fazer umas compras num shopping. É desagradável e pior ainda, doentio!!!
Perdoe-me as palavras, mas acho de um egocentrismo e arrogância absurdos todo este comportamento de vitimização dos fumadores face à nova lei.

Votos de um Ano 2008 Feliz e sem fumo :)

**


De White_Fox a 30 de Dezembro de 2007 às 21:32
Olá Luísa.
Antes de mais quero felicitá-la pelo seu blog! Gostei muito do que li. E só me atrevi a comentar porque fiz recentemente um post sobre o mesmo tema.
Sinceramente sou a favor da nova lei! Não concordo com todos os "parâmetros", é um facto, mas concordo com a sua maioria.
É verdade que esta lei não vai resolver todos aqueles problemas que enunciou, mas penso que vai trazer alguns benefícios.
Vejo que tem a consciência de que os outros devem ser respeitados. Mas nem todas as pessoas a têm.
Enúmeras são as vezes em que encntramos alguém a fumar, num restaurante, para cima das outras pessoas. E isso é correcto? A meu ver não!
E acho que vai ser necessário que esta lei seja posta em prática para que tais situações deixem de acontecer.
Foi preciso chegar-se a este extremo para que as pessoas ganhem, pelo menos neste campo, um pouco mais de civismo!
Mas esta é apenas a minha opinião...


De Sandra a 7 de Janeiro de 2008 às 13:43
Tem toda a razão Luísa mas era necessário começar por algum lado não?
Por mim fico felicíssima de chegar a casa, depois de ter passado pelo café, e não ter a roupa a cheirar a fumo. O perigo nestas proibições são os extremismos....mas com bom senso e alguma compreensão de parte a parte, teremos as pessoas a fumarem exclusivamente o seu próprio fumo, sem o impôr aos outros. E quanto ao resto...quero acreditar que lá chegaremos também...o que importa é começar por algum lado.


De Pedro Guedes a 13 de Janeiro de 2008 às 18:13
Boas a todos.. Sou um jovem de 22 e só quero dizer k aprovo esta nova lei. Como já referiu anteriormente uma leitora, tds os fumadores sabem k o tabaco faz mal e referem k nunca fumam na presença de crianças e com pessoas a kem o fumo do tabaco incomode, mas o k é certo, é k kando vou a um restaurante ou a uma discoteca tenho k levar com o fumo todo dos outros e saio desses sítios com um fedor a cigarro na roupa k ate da vómitos !! Tds nos sabemos k ha uma serie de outros problemas no pais, mas tds eles ja têm as suas leis. O tabaco finalmente agr esta a ter algumas... Esta nova medida espero que tb contribua para acabarem os fumadores só para o style.... Não sei se percebem...Por isso os fumadores k me poupem de tretas!!
Já agora Luísa, deixe-me dizer-lhe k gosto de algumas das suas intervenções no programa TGV do PORTO CANAL . Viva o PORTO !


De Paulo Martins a 17 de Maio de 2008 às 18:05
Acho engraçado que os não fumadores digam que vão a discotecas e saiam de lá a cheirar a tabaco e que os incomoda o cheiro e fumo do tabaco, mas continuam a frequentar esses locais.
Eu, incomoda-me não ter sítio onde possa beber um café e fumar um cigarro e por isso reduzi o numero de cafés que bebo. No entanto cumpro com a lei implementada.
Noto que o ar está muito mais respirável nos parques de estacionamento subterrâneos.
Com esta lei os não fumadores querem os bares, cafés e restaurantes só para eles quando se podia ter pelo menos alguns que fossem de fumadores.
Hoje em dia 99% são de não fumadores.
Nas discotecas continua-se a fumar como antigamente e os não fumadores não deixam de frequentar esses locais.
Esta lei e grande parte dos não fumadores são fundamentalistas.
Acho que se devia proibir a venda do tabaco. Se não tenho alguns sítios para fumar e se fumar prejudica a saúde então proíbam a venda e com isto não recebam o dinheiro dos impostos devidos.
Tudo isto é uma hipocrisia.

Paulo Martins

paulolacm@gmail.com


Comentar post

.links
.pesquisar neste blog
 
.mais sobre mim
.tags

. todas as tags

.arquivos

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Setembro 2006

blogs SAPO
.subscrever feeds