Terça-feira, 9 de Setembro de 2008
Tenham vergonha!
 
 
 

«Oh rapaziada que para aqui comenta, têm de ver que a desmiolada da luisa só escreve estas babuseiras porque teve um AVC e portanto dêm um desconto à anormalóida, porque se ela estivesse com o juizo normal, nem estaria a comentar para este jornaleco da pide, estaria concerteza mas era a levar por frente e trás de algum velhadas ricaço.» INVEJOSA | 05.09.2008 | 00.56H

Para os leitores do Destak jornal, e não da edição online, aqui fica uma das "pérolas" que alguns aí escrevem a coberto do anonimato. Este é um exemplo do ódio que circula por este País, entre gente muito diversa. Alguém perdeu o seu tempo precioso para escrever injúrias que ultrapassam em muito o facto de gostar ou não da escrita de uma mera cronista do Destak.

Quem é o ser humano que ataca outro afirmando que as suas opiniões são anormais (sobre os erros ortográficos nem vale a pena falar) porque sofreu um AVC? O Destak é um "jornaleco da PIDE"? Como é possível usar da liberdade de imprensa garantida pela Revolução para insultar sem saber sequer o significado das palavras? Se a PIDE existisse o senhor ou senhora que destilou este ódio não o poderia fazer, mas claro, ele ou ela não fazem ideia do que dizem ou escrevem! E, claro, não podia faltar o ataque sexista, a tentativa de rebaixar a cronista, porque é sempre possível utilizar afirmações de carácter sexual quando se trata de uma mulher.

Porque perco tempo com este assunto? Porque basta andar na rua e ouvir a linguagem que muitos utilizam e que há anos atrás era impensável. Porque Portugal atravessa uma grave crise económica mas a verdadeira crise é muito mais grave: é uma carência de valores, de noção de ética e de respeito.

in Destak 09 | 09 | 2008 



publicado por Luísa Castel-Branco às 13:09
link do post | comentar

15 comentários:
De Ana a 9 de Setembro de 2008 às 16:37
concordo plenamente consigo

infelizmente vivemos num país onde os valores não tem valor para muito boa gente

" não é preciso ser, é preciso parecer"





De Joana a 9 de Setembro de 2008 às 21:02
Ao ler tal comentário fiquei CHOCADA com tamanha ausência de valores, frieza de sentimentos e desrespeito por quem já passou por momentos muito complicados na vida AVC ).
Podemos não simpatizar com este ou aquele e ainda bem, imaginem o que seria gostarmos tudo do mesmo?!.
A Luísa é de certeza uma pessoa mto importante na vida deste ANIMAL. Só pode ter um amor por si e q ñ foi correspondido. Nunca ninguém no seu perfeito juízo se daria ao trabalho de perder tempo a escrever, falar..de quem não se gosta.
A Luísa sabe o que é e o quanto é importante para o seu "publico", para os seus "leitores" e família .
Os cães ladram e a caravana passa.

um gd x-coração d quem a ficou a admirar ainda mais, pela subtileza da sua resposta. a Luísa é uma Sra.


De Patrícia a 9 de Setembro de 2008 às 23:27
O anonimato serve para os cobardes se exprimirem na sociedade. Apenas querem falar mal da vida dos outros porque nem se quer conseguem ter uma vida própria. Então procuram derrubar aqueles que se exprimem publicamente. Aliás, procuram derrubar todos porque estão insatisfeitos com tudo e com nada. Seria bom que houvesse valores na sociedade...


De Susana Ferreira a 10 de Setembro de 2008 às 01:35
Boa Noite

Desejo-lhe felicidades para os seus projectos pessoais e profissionais. Gostava de lhe deixar os parabens por aquilo que escreve e simplemente por escrever aquilo que lhe dita a alma e a sua consciencia. Saiba que muitas vezes esse ódio pestilento que muita gente jorra pela boca fora é a mais mesquinha das manifestações daquele nossa velha "amiga": A INVEJA.
Continue a ser FELIZ parabens pela sua VIDA!
Dê voz a quem não a tem por não ser uma figura-pública " (perdoe-me a expressão...)
FELICIDADES e continue assim!


De cláudia a 10 de Setembro de 2008 às 10:35
luísa,

quero deixar o meu apoio incondicional e a minha admiração por si -pq é uma mulher de armas, inteligente, fabulosa- e esta gentinha não merece sequer usufruir da sua presença neste espaço!

estou deveras incomodada com a maldade q por aí anda à solta e para muita pena minha e de muitos leitores, se deixar este blog, não será "recriminada" pois se eu estivesse no seu lugar era o q faria!

infelizmente, a mentalidade do português (salvo algumas excepções) ainda é de um atraso monstruoso,p isso, e infelizmente, escrever as suas crónicas para estes atrasados, será o mesmo q estar a dar pérolas a porcos! -perdoe me a expressão, mas acho q é a q mais se adequa a esta situação!-

não deixe q estas mentes sujas afectem a sua saúde!

o meu bem haja querida luísa!

tudo de bom!

c.


De a 10 de Setembro de 2008 às 10:40
Não devia ser permitido, publicar comentários ofensivos como esse. Que criatura nojenta!


De mariarabodesaia a 10 de Setembro de 2008 às 12:15
Luísa,
não deveria perder o seu precioso tempo com estes comentários vindos de anónimos. Eu acredito sempre que quando dizem mal é sinal de reconhecimento.

Beijinhos,

MariaRabodeSaia

http://mariarabodesaia.blogspot.com


De João a 10 de Setembro de 2008 às 15:48
Boa tarde.
Eu nem quero acreditar no que acabei de ler, julgava que vivíamos num país com liberdade de expressão, onde todos temos direito a expressar a nossa opinião.

Essa pessoa, que teve a péssima ousadia, mau gosto e de certeza a ma educação de escrever as abomináveis palavras, aqui transcritas, devia ter capacidade para se auto-avaliar e reparar nos erros que acarreta. Falta de educação é um dos maiores problemas que o nosso país vem enfrentando.

A dificuldade económica que vemos passando não é de todo qualquer desculpa para este tipo de opinião mal formada e incapaz de respeitar.

É no mínimo revoltante. Mas o amanhã é mais importante, o bom segue, o desinteressante fica.

PARABÉNS Luísa pelo seu fabuloso livro "Alma e os Mistérios da Vida".


De Sindarin a 13 de Setembro de 2008 às 19:56
Ol+a Luísa! Concordo consigo hoje estamos a viver uma crise que tem a ver com mto sobretudo com a educação das pessoas k cada vez estão mais egoístas e aparvalhadas. Gosto de si, acho k é uma mulher lutadora, de fibra e uma sobrevivente e isso faz "cócegas" a muita gente "triste e mal-amada". Desjo-lhe tudo de bom e que continue com essa garra e essa atitude que enriquece um pouco o nosso país tão cheio de gente amarga e sombria. Um grande beijinho


De Alexandra Alpha a 13 de Setembro de 2008 às 23:19
Boa noite Luísa.
Foi com imenso prazer que encontrei o seu blog e de nada me surpreendeu o que encontrei, pois sempre a admirei como pessoa e como mulher. Voltarei, certamente.
Tudo de bom. Um abraço.

Visite o meu se tiver um tempinho extra.

*


Comentar post

.links
.pesquisar neste blog
 
.mais sobre mim
.tags

. todas as tags

.arquivos

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Setembro 2006

blogs SAPO
.subscrever feeds