Sábado, 1 de Novembro de 2008
Ah! A vida!

Vou fazer uma lista dos meus sonhos e depois guarda-la no envelope selado e esconde-la na ultima gaveta da cómoda do quarto e sempre que me for deitar olho para a gaveta e visualizo o envelope, a lista dos meus sonhos e eu deitada noite após noite, com a vida a fugir-me entre os dedos como quando eu era muda e brincava na praia, a areia que fugia, escorria em direcção ao mar, o mar que vinha e partia, o frio das manhãs, e o perfume do futuro.

Vou esconder-me no meu quarto, talvez tape a cabeça com o lençol, dobre os joelhos e finjo que sou novamente pequenina e invento o meu mundo bem escondido ali, onde ninguém me pode tocar.

E depois, depois se eu pudesse e  não posso, trancava a porta do quarto e hibernava durante não sei quanto tempo, o tempo necessário para quando acordasse ser uma outra pessoa, não me importa qual mas simplesmente alguém que não eu.

Estou na terra dos porquês, como se tivesse eu 4 anos, mas os meus porquês não são limpos e flamejantes de futuro, bem pelo contrário, são os porquês da amargura, da revolta e das lágrimas.

Chegada aqui e perdida, no mundo dos outros e no que foi o meu mundo, pergunto ao vento e ao Deuses o que fiz de errado.

E sei que errei muitas vezes mas depois, vêm-me à cabeça a vida dos outros, tanta gente que nunca fez nada por ninguém, que nunca verteu uma lágrima ou estendeu uma mão, e ali estão eles, tão seguros de si mesmos, tão bafejados pelas certezas da sua fé, tão plenos de opiniões.

Eu, em contrapartida, por cada dia que passa mais perdida me encontro, menos respostas tenho para tudo o que me rodeia e sinto, sinto-o tão profundamente que é uma dor que não me abandona, que se calhar o bem não compensa, o amor não compensa, a ética não compensa.

Como alguém me disse: eu não quero que gostem de mim, só quero que me compreendam.

Quem me compreende a mim? Quem me ajuda a perceber-me?



publicado por Luísa Castel-Branco às 10:22
link do post | comentar

.links
.pesquisar neste blog
 
.mais sobre mim
.tags

. todas as tags

.arquivos

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Setembro 2006

blogs SAPO
.subscrever feeds