Terça-feira, 28 de Julho de 2009
Caça ao voto
 
 

É tempo de férias mas afinal a campanha eleitoral já começou. As páginas de jornais e as imagens na televisão mostram a troca de insultos que vêm de todos os lados. É um lavar de roupa suja e como diz o povo "ainda a procissão vai no adro".

É isto que nos espera? É desta forma que os políticos tencionam apresentar-se aos portugueses? Meia dúzia de pessoas está verdadeiramente interessada se Sócrates convidou Joana Amaral, se o primeiro-ministro acabou o curso ao domingo, ou quem tem as contas certas: Manuela Ferreira Leite ou o Governo.

Por mais comentadores que aparecem no ecrã, artigos nos jornais e blogues, a verdade é que a maioria dos portugueses não se interessa com estes assuntos.

Sócrates anuncia dia sim dia sim medidas de apoio ao País. No meio de tanto barulho, informação e desinformação, o povo, nós todos, olhamos para aquilo e não nos diz nada.

Quanto ao maior partido da oposição, Manuela Ferreira Leite deve ir tirar da cartola não um coelho mas a lâmpada de Aladino, de tal forma a senhora vem criando suspense sobre o programa eleitoral do PSD.

Nós, o que sentimos no dia-a-dia é que o dinheiro é cada vez mais curto, cada vez mais pessoas no desemprego e muitas que temem ficar sem trabalho, e cada vez que aparece o montante que os gestores ganham como prémios, olhamos espantados e em silêncio. Porque efectivamente não há nada mais a fazer.

É um país divido ao meio: de um lado a vasta maioria que já não se recorda o tempo em que não vivíamos em crise.

Do outro, os ditos gestores que seguramente fizeram algo muito bem feito, ou as novas fortunas que por aí andam.

No meio temos presidentes da Câmara em tribunal, numa lista que engrossa todos os dias. Portugal virou uma Itália pobrezinha.

 

in Destak 28 | 07 | 2009  



publicado por Luísa Castel-Branco às 11:59
link do post | comentar

9 comentários:
De apetecimentos a 11 de Agosto de 2009 às 12:31
Limitamos-nos a andar por aqui... e daqui a uns anos vamos arrepender-nos de não termos intervindo em tantas oportunidades, e.g., na educação dos nossos filhos, nos votos que desperdiçámos, nas vezes que não utilizámos o livro de reclamações, nos papéis que atirámos pelas janelas.
No entanto, ainda vamos a tempo; dá trabalho mas, se por exemplo recordarmos La Fontaine da nossa infância encontraremos a Moral e a Ètica que tanta falta nos faz.


De http://bacharelsocrates.blogs.sapo.pt/ a 11 de Agosto de 2009 às 14:14
A pior de todas foi a volta ao Antonio Costa em bicicleta.
A primeira etapa de meros 2 kms onde os ciclistas concorrentes foram severamente humilhados pelo secretário de Estado do desporto que os obrigou a correr á volta do candidato por Lisboa, se queriam entrar na prova.

Lousa, terra do ciclismo e Casalinhos de Alpriata, terra do Grande Joaquim agostinho não viram a volta passar.

È a ditadura do PS a funcionar.

http://bacharelsocrates.blogs.sapo.pt/


De Clara França Martins a 11 de Agosto de 2009 às 18:42
Porque é que você não muda de país?


De Souzathell a 11 de Agosto de 2009 às 19:06
Após leitura atenta ao seu subtil texto, sobre o momento político actual, não quero cair em questões laterais próprias dos latinos e no alimento das mentes medíocres. Contudo, há aspectos que por dever patriótico não podemos esconder ou emitir. De facto, permita-me a parábola, o País há muito que entrou no Serviço de Urgências... Sem um bom diagnóstico com verdade e transparência ninguém poderá avaliar o tratamento ou mesmo cirurgia a realizar a curto prazo. Perante a mediocridade reinante, a arrogância e prepotência é meu humilde entendimento que o doente agrava a olhos vistos o seu estado clínico sem, efectivamente, percebermos o principal ou seja o mal que enferma...
Nesta primeira parte como leigo exijo aos doutos especialistas - políticos de serviço - que sem rodeios nos informem da gravidade da doença e a forma célere para a curarem...
Sem um competente e rigoroso diagnóstico não há terapia possível ou eficaz sob o perigo de cegarmos todos...
Quando se promove a cultura da morte, laxismo, hedonismo cimentados em tiques didatoriais sou forçado como ignorante ou inexperiente em tais especialidades da existência humana a apostar na competência, no rigor e na verdade!

Obrigado pelo seu blog. Felicidades com sincera admiração.

Souzatel


De http://bacharelsocrates.blogs.sapo.pt/ a 11 de Agosto de 2009 às 23:15
O maior problema politico actual é o governo dedicar-se a fazer oposição aos partidos da oposição em vez de governar.
Parece termos um pacote de ministros tão amantes da comunicação social que dão a entender terem escolhido a profissão errada.

Um governo que auto-elogia-se de ter conseguido penhorar 20% das familias, compete a cada eleitor questionar se este objectivo tivesse sido anunciado , os eleitores teriam votado no PS.

Criticam todas as classes profissionais e agora criticam os doentes da gripe A , como sendo um grupo de individúos que tenta contaminar os outros.

Essa Ministra da saúde deveria abandonar mais os estúdios televisivos e visitar mais os hospitais.
È que a propagação de alarme social está previsto no código penal e ela incorre nessa prática.

http://bacharelsocrates.blogs.sapo.pt/


De Alda Almeida a 12 de Agosto de 2009 às 09:51
Olá Luisa
O que é feito de si? Faz muita falta na televisão, não quer voltar?
O que diz está certíssimo e, talvez seja hora de deixarmos de estar calados a "ver a banda passar".
Venha ajudar a agitar as águas, ou as mágoas.
Um bj


De Gonçalo Alves a 12 de Agosto de 2009 às 11:34
Olhando para a situação eleitoral do osso país a única coisa que me vem à cabeça é que estamos a sentir os efeitos de uma "Democracia Representativa".

De certo que já existirão cérebros da comunicação a fazer este trocadilho, mas foi a ideia que mais me tem surgido nos últimos tempos sobre os Presidentes de Câmara que estão com processos em tribunal ou até dos representantes politico com contas a ajustar com a justiça... são os efeitos de uma democracia representativa. Os políticos estão a esforçar-se para "representarem" o seu povo.

Com tantas notoriedades com os processos ainda em tribunal que duram e duram, num efeito directamente proporcional à sua riqueza - (muito rico, muito tempo de espera, prescreve - VERSUS - pouco rico, julgamento sumário, pena efectiva) - é normal que também os políticos queiram espelhar o povo que representam... onde já se viu um politico representar alguém que tem contas para pagar, ou que precisa de um part-time para ajudar nas despesas em casa, ou que anda de metro e comboio todos os dias porque não tem combustível gratuito? Isso já não existe.


De troca letras a 13 de Agosto de 2009 às 11:20
Email para enviar a vários artistas, que estão anunciados nas festas de Coruche onde realisa um evento em que acontece a tortura física e psicológica de animais sencientes (uma tourada).
http://troca---letras.blogspot.com/


De Gonçalo Faróia Alves a 24 de Setembro de 2009 às 14:07
E pronto cara Luísa Castel-Branco (obviamente que não nos conhecemos, mas já sinto alguma empatia, depois de algum tempo a lê-la e ouvi-la).

Decididamente, esta briga Eleitoral, vai-se limitar aos dois CLUBES PARTIDÁRIOS de sempre. O Povo Português continua a viver a vida, com as suas lealdades Clubísticas a interferir na consciência do que acontece no dia-a-dia... "Sou do PS a vida toda e vou continuar." ou "Desde pequenino que sou do PSD, estão a fazer um jogo um pouco fraco, mas acredito que a treinadora dê a volta à equipa." e tantos outros disparates/trocadilhos que eu poderia largar aqui, é só libertar a imaginação. Enfim, isto para dizer que, depois de tanta sondagem, só me resta dizer... "Óh Povo Português que é feito da tua inteligência de navegador aventureiro e corajoso para a luta?"


Comentar post

.links
.pesquisar neste blog
 
.mais sobre mim
.tags

. todas as tags

.arquivos

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Setembro 2006

blogs SAPO
.subscrever feeds