Sábado, 3 de Outubro de 2009
insónias e mais insónias

Quantas pessoas estaram a esta hora acordadas, não por terem de trabalhar mas sim porque o sono não vem?

Não consigo ficar aqui parada a olhar para a televisão e na verdade, os filmes são normalmente de pessima qualidade e quanto à informação, decidi fazer greve!

Sou viciada em noticiarios, jornais e etc. Mas neste momento, e não devo ser a unica, já não suporto mais as escutas, as provaveis alianças, o aumeno do desemprego, as previsões do FMI e a campanha para as Autarquicas.

Resta-me a musica, agora que a casa adormeceu e finalmente me pertence.

E a escrita, claro, sempre a escrita.

Também confesso que me viciei neste mundo fascinante da net e dou comigo a procurar informações, a pesquisar isto e aquilo e claro, a ver anuncios.

Cada vez durmo menos, e o pouco que durmo é num sono repleto de reuniões, conversas, eu sei lá o quê!

Acordo muitas vezes sem saber se fiz o tal telefonema ou se sonhei!

Enfim, tempos conturbados.

Tempos de mudança e fala só sobre cada um de nós.

É raro conversar com alguém que não esteja numa situação de instabilidade interior, como se o que nos rodeia tenha equiparação com a alma, o coração, as duvidas e incertezas.

Sobra esta musica deliciosa. Rádio Marginal. É o que oiço sempre que posso porque tem uma selecção de temas tão bem conseguida que me apazigua o corpo e a mente.

Sempre que relembrar os meus livros vou recordar a Margingal e esta toada que me embala.

Talvez devessemos criar um meio de comunicarmos uns com  os outros, nós os detentores de insonias e noites de sobressalto.

Até lá, vou escrevendo aqui.



publicado por Luísa Castel-Branco às 02:50
link do post | comentar

2 comentários:
De Rute C. a 4 de Outubro de 2009 às 03:15
Na madrugada do dia 2, após várias voltas à cama, voltei a levantar-me. Liguei o computador e naveguei um pouco, com esperança que o cansaço vencesse. A almofada há muito que mais se parece com um bloco de cimento e a minha cama mais se assemelha a uma prisão, do que um local de repouso. Ou seja, para mim há já muito tempo que tentar dormir é uma tortura e uma obrigação…

“Madrugada a dentro”. Li e reli o seu post e pensei “não sou a única…”. Nessa noite escrevi tentando abafar aquelas vozes que nos fazem manter acordados durante a longa noite... o pior é que quando adormecemos, os sonhos são tão intensos e cobertos de memórias ou essa tais “reuniões”, que pensamos que mais valia nem termos dormido nada…

A todos os “detentores de insónias e noites de sobressalto” as minhas saudações. Está uma boa noite para as insónias voltarem a atacar, não acham? ;)


De Dorushka a 6 de Outubro de 2009 às 15:13
Li uma "crónica" sua no Destak e decidi visitar o seu blog, uma vez que estava publicitado.
Gostei do que escreveu, mas não gostei dos erros ortográficos.
Acho que uma pessoa com o seu gabarito deve ter mais cuidado com estes pormenores, ainda que esteja a escrever de madrugada. É que o primeiro post de um blog é o seu cartão de visita e com este eu não sei se vou voltar a visitar o seu blog.


Comentar post

.links
.pesquisar neste blog
 
.mais sobre mim
.tags

. todas as tags

.arquivos

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Setembro 2006

blogs SAPO
.subscrever feeds