Terça-feira, 13 de Outubro de 2009
Um erro não justifica outro? Resposta a uma leitora

 

Rita disse sobre Maitê Proença - Que tal proibir-lhe a entrada no País? na Terça-feira, 13 de Outubro de 2009 às 13:20:

     
 
Bom dia Sra Luísa Castel-Branco

Maitê errou ao fazer a matéria para a GNT…..
A senhora talvez não pensou na responsabilidade de escrever e divulgar artigos como este .
Um judeu entregou Cristo por algumas moedas, e o Império Romano matou e crucificou um Homem, apenas porque dizia que era filho de Deus…Seria verdade esta afirmação ? Sendo afirmativa, justifica-se então o acto praticado ? Um caso para se refletir….
Hitler incitou toda uma Nação contra os Judeus pois eram considerados Inferiores... Hitler nem era alemão. Era de nacionalidade Austríaca…Mas os alemães mataram…
Houve a Ku Klux Klan que matavam os negros e começou com uma brincadeira de 6 meninos….

Todos tinham em comum Idéias e Ideais….e um povo que ouviu. Alguns obedeceram, outros se calaram..e quem cala consente, diz um dito popular.

Será este o caminho em pleno Século XXI ????

A começar pelo titulo da matéria , o texto. Seria bom repensar nas palavras ditas, escritas que trazem reacções que merecem ser analisadas dentro deste contexto..
Todo o povo Brasileiro ou as pessoas brasileiras que aqui moram, trabalham e contribuem com o crescimento de um País merecem ler comentários com palavras de tão baixo calão que estão a ser publicadas nos Comentários do jornal Destak ?
Alguns brasileiros, envergonhados se desculpam…E os restantes comentários são de todo uma lástima .
Triste, não é mesmo senhora Luísa ?
 
Caríssimos leitores,
Tenho colocado on-line todos os comentários que me chegam ao blog. Resolvi escolher apenas este para eu própria dar resposta.
Gostaria de dizer à Rita que não me arrependo minimamente de ter escrito o artigo que escrevi no Destak e de ter divulgado o vídeo que a Senhora Maitê Proença fez para o programa Saia Justa no canal GNT.
Sendo eu também uma profissional da televisão, mais razões ainda tenho para proceder a esta divulgação.
Em primeiro lugar se eu ou qualquer outro apresentador de televisão/actor/ etc. apresentasse uma peça deste tipo não haveria uma única televisão portuguesa que a colocasse no ar.
Porque existem critérios que têm que ser seguidos pelos profissionais e mesmo numa época em que programas como o Big Brother entraram no voyeurismo total, o insulto gratuito a um povo não é admissível em nenhuma televisão de nenhum país civilizado.
Que fique bem claro, e já hoje prestei estas declarações num noticiário televisivo, que a atitude inqualificável da Senhora é uma injuria para com todos os portugueses mas também para com toda a comunidade brasileira a residir em Portugal, hoje em dia o maior grupo de emigrantes no nosso país, tendo ultrapassado os emigrantes de países de língua portuguesa.
Insulto porque falamos de gente trabalhadora, gente que vem em busca de uma vida melhor, tal como o nosso povo fez durante décadas.
E quer no Destak on-line, quer aqui, a Rita pode ler vários comentários de compatriotas seus que se sentiram, tal como nós, ofendidos.
Quanto às comparações que apresenta no texto, é óbvio que não fazem qualquer sentido.
Não escrevi um artigo a incitar ao ódio ou a fomentar a falta de respeito pelos brasileiros.
O que fiz sim, e é um direito que a Democracia Portuguesa me dá, é revoltar-me contra os insultos, a ignorância e a prepotência da dita Senhora.
E afinal, o dito vídeo já circulava, já existiam queixas na Embaixada Brasileira.
O que significa que outros cidadãos se consideraram também eles ofendidos.
O facto de eu poder chamar a atenção para este acontecimento tão triste, só dá mais razão ao meu artigo.
E que fique bem claro que, acredito sinceramente que nós portugueses não estamos a ter uma atitude mesquinha contra uma figura publica reconhecida no Brasil como em Portugal, por mera inveja.
Porque por mim, caríssima Rita, notoriedade já tenho que chegue e não espero absolutamente nada a não ser um pedido de desculpas, da dita Senhora, do programa Saia Justa e do canal GNT.
Não a mim, mas a todos os meus concidadãos.
 
 
Luísa Castel-Branco
 


publicado por Luísa Castel-Branco às 17:58
link do post | comentar

11 comentários:
De Duarte Martins a 13 de Outubro de 2009 às 18:33
Estou absolutamente de acordo consigo, Luisa Castel-Branco, tenho pena de facto pelo sucedido pois é inadmissível que uma actriz tão popular e que devia dar o exemplo se exponha ao ridículo num pseudo-documentário humorístico que de facto nem devia ter ido para o ar.
Para Maitê Proença, Sintra é uma "vilazinha" perto de Lisboa, e o sr. Oliveira Salazar esteve 20 anos no poder. Incrível!

Parabéns pelo seu blog.

Sem outro assunto de momento,

Duarte Martins


De susana a 13 de Outubro de 2009 às 18:57
Uma sugestão ... e q tal pura e simplesmente deixar-mos de ligar á "Sra" Maite e ignora-la por completo ... fazermos boicote.
Por exemplo ... n comprar nada dela

Fique bem
Susana


De Graza a 13 de Outubro de 2009 às 20:00
Bravo Luísa ! Confundir a nossa defesa com ataque aos brasileiros que lêem as suas palavras é ridículo de pois de ver aquele vídeo. Fiquei a saber aqui que já existia queixa na Embaixada. Os portugueses não confundem a forma que os brasileiros escolheram para se divertir contando anedotas sobre portugueses, porque todos os povos no mundo têm casos desses, com este escárnio que só não o percebe quem tiver também o mal na cabeça. Aqui tem a minha solidariedade em: http:// rendarroios.blogspot.com /2009/10 o-brasil-sera-maite.html


De Margarida Almeida Gonçalves a 13 de Outubro de 2009 às 21:27
Cara Luísa,

Não imagina como fico contente com a sua atitude :) Claro que isto não é tema de primeiro interesse para o país, mas não deixa de tocar, de irritar e de unir a maior parte dos portugueses. O mais irritante é que quem pode "dar a cara", não dá! Assobia para o lado, alegando diplomacia, democracia e outros chavões, põe-se de parte, não reage, não se ofende, não se toca! Esta senhora ofendeu os portugueses, mas não só os actuais!!! Todos os nossos antepassados com sangue na guelra, que se bateram pelas mais diversas causas, que defenderam Portugal com prejuízo da própria vida, não merecerão agora também ser honrados e defendidos pelos que cá andam???? Caramba, somos um país ou o que resta dele??? Nem percebo porque se levantam algumas vozes contra a nossa revolta!!! Alguém imagina um americano ou um alemão ficar impávido e sereno com desrespeitos deste género para com os seus países?!!! Até os brasileiros percebem e partilham a nossa indignação!

Em resumo, Luísa, OBRIGADA por não se vergar à moda do politica, social e diplomaticamente correcto! QUEM NÃO SE SENTE NÃO É FILHO DE BOA GENTE! Esta senhora foi mal educada, irresponsável, soberba e arrogante, e não teve uma única razão plausível para agir assim! E se esta causa não tiver o apoio de figuras mais públicas e mais queridas do que ela, ainda se vai ficar a rir dos "burros dos portugueses"!

Um beijinho

Margarida


De josé a 13 de Outubro de 2009 às 21:46
Deveria se pedido e exigido um pedido formal de desculpa por parte do Presidente da Republica.
Não respeitou um povo descobridor e com uma história invejavél.Gozou com o nosso passado,nosso presente,quem pensa ela que é.............???
Por mim essa "senhora" NUNCA MAIS cá punha os pés na nossa "terrinha".
José Portugues


De sonia conde a 13 de Outubro de 2009 às 23:03
Carissima Luisa ,

A unica coisa que me ocorre ao ler aqui as suas palavras e ao tomar conhecimento do que fez , é Aplaudir !
Esta atitude deplorável da dita Criatura ( desculpe mas perante aquilo que vi não consigo manter ou controlar o bom senso e a educação ,tal como a Luisa o faz , tratando-a por senhora ) ,merece a devida atençao de todos ,todos nós portugueses , que como eu os recebemos ,os elogiamos , os aplaudimos ,os respeitamos .
Mais não direi , porque aquilo que me apraz dizer iria com certeza ser duro e injusto para tantos outros .
Abraço
Sónia Conde


De Anónimo a 14 de Outubro de 2009 às 00:27
Boa noite Luisa (permita que a trate assim)

Que desilusão ver uma figura pública brasileira deixar ficar mal o seu próprio povo! Que figura triste!
Quem tem respeito pelos seus antepassados terá necessáriamente de avaliar as consequências do que diz e faz!
Quanta falta de cultura e respeito de quem diz amar o povo português. Talvez sirva para apresentar em programas telivisivos de fraco conteúdo e qualidade, com público pouco exigente, em que apresentar aquilo que mais parecem filmagens caseiras, serve para "encher" programa.
Mas no essencial, Maité Proença pode esbanjar com à vontade a sua falta de conhecimento sobre Portugal que dito por ela, para a audiência brasileira parecerá ensinamento de gente culta.
E contrariamente ao que afirma não é um povo que tem de saber rir de si próprio, e ter humor quando é insultado. Poderá fazer isso nas favelas do Rio de Janeiro mas não às portas do NOSSO, SIM, NOSSO MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS, monumento cujo significado desconhece, aliás como desconhece qualquer dado de relevo português.
Que diria o povo brasileiro se os portugueses tivessem a infeliz ideia de cuspirem nos pés do Cristo Rei? Seria para eles "legal"?!
Mais respeito D. Maité, pela história de um país que é Portugal. No seu país decerto não fará isso. Também a única história que possuem é a história que nós lá deixamos, e provavelmente está tão habituada a respeitá-la aí como aqui.
Enquanto profissional e figura do domínio público brasileiro entrou em decadência rápida na minha consideração e nenhuma justificação será aceitável para a falta de educação e principios cívicos.

Luis Vedor - Santarém


De marilda a 14 de Outubro de 2009 às 19:08
boa tarde,aqui so mim resta deixar a minha idiguinaçao.a muitos comentarios aqui feito,pelo respeito que tenho pelos amigos portuguezes ,mas mim pergunto ate quando muitos vao aprender que o erro de um nao justifica a falha de muitos .ela fez muito mal,mas muitos portuguezes ainda nao perceberam que estao cometendo o mesmo erro.


De Anónimo a 14 de Outubro de 2009 às 17:36
Apoio a 1000% a Luisa Castel-Branco ...e como portuguesa também me sinto indignada com os comentários de uma pessoa ignorante, estúpida e mal educada!
Neste País com séculos de cultura, mas amorfo e permissivo saúda-se quem chame os bois pelos nomes!
Saudações de uma mulher que se orgulha muito da sua nacionalidade!!!
Maria Pimenta de Castro


De marilda a 14 de Outubro de 2009 às 18:57
boa tarde,sra luisa castel_branco, vivo em portugal ha dez anos ,aqui e minha segunda patria,encontrei aqui um novo lar,au ver estes comentarios aqui sinto uma grande tristeza primeiro pela atitude lamentavel da maite proença,que com sua inguinorância causou todo estes infelizes comentarios ,.realmente e uma tristeza que ela tenha desdenhado da historia e ate mesmo cuspido em uma fonte que siguenifique tanto para muitas pessoas,mas a sra deve lembrar que para muitos portugueses que nao conhece o brasil e nem imaginam a imensidao daquilo acham que nosso brasil e somente favelas ,crimes e pobresas e isso e o mais divulgado nas comunicaçoes,imagine se fossemos atacar toda gente que pença assim ,essas pessoas merecem apenas nossa piedade nada mais,a falta de sabedoria divina degrada todo ser humano levando com eli todos aquelis que ouve,...


De Carlos Pereira a 15 de Outubro de 2009 às 13:59
Admito as brincadeiras, diz ela que brinca com os presidente Lula, com a mãe, com a filha, etc mas também vem para a tv cuspir neles?


Comentar post

.links
.pesquisar neste blog
 
.mais sobre mim
.tags

. todas as tags

.arquivos

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Setembro 2006

blogs SAPO
.subscrever feeds