Quarta-feira, 14 de Outubro de 2009
Cristina pacheco disse sobre Maitê Proença- Pede desculpa voltando a insultar Portugal
 
     

 

Cara Luisa
Não resisti em lhe enviar, uma mensagem que deizei agora na página do TVI24. Hoje a minha indignação ainda é pior que ontem, quando me sinto insultada por um compatriota meu, o qual eu nutria uma grande admiração

Cumprimentos
Cristina Pacheco



Caros Srs


Após esta polémica à volta do video de Maitê Proença, não sei se fiquei mais triste com o "hunor negro" da Sra, do que com a defesa do seu Amigo Sousa Tavares, que ofende todos os Portugueses, incluindo ele próprio. è completamente descabido chamar aos Portugueses saloios e com reacções provincianas, quando aquele vídeo é tudo, menos um vídio de humor. Alguém consegue explicar a esse Sr a diferença entre humor e escarnio e mal dizer??? O saloio não será ele??

Estou-lhes a escrever, no sentido de vos alertar que perderam uma espectadora do vosso jornal, pelo menos na rubrica em que o Miguel Sousa Tavares é comentador político. Considerava-me uma sua admiradora, e até o considerava sábio nos seus comentários. Mas a desilusão foi tão grande, que vou ter que mudar de estação, só para não ter que ver a cara desse Senhor. É assim que ele defende o nosso país, agora que estamos todos a precisar de palavras sensatas e motivadoras?

Acreditem que não sou só eu, que vai deixar de ver a vossa rubrica. Eles são ou não são figuras públicas? Tem ou não têm responsabilidade naquilo que dizem ou fazem? Como é que este sr pode comentar os políticos deste país, quando chama ao povo saloio!!! Pelo amor de Deus tirem esse Sr. do ar.

«Isto é uma reacção provinciana e saloia dos portugueses. Somos um povo sem capacidade de humor e autocrítica. Há algum português que vá ao Brasil e não goze?», protesta o escritor, acrescentando: «Só um povo com complexos é que se sente melindrado com uma coisa destas. Não temos de estar sempre a ser elogiados como se fossemos um povo exemplar».
Ao Correio da Manhã, Miguel Sousa Tavares frisa ainda que Maitê: «é uma grande actriz e uma grande escritora e vai continuar a ser».


--
Cristina Pacheco
http://ventosdodeserto.blogspot.com

 

menos



publicado por Luísa Castel-Branco às 18:15
link do post | comentar

17 comentários:
De Mariana a 14 de Outubro de 2009 às 19:32
Esta frase a ser da autoria do MST tem que se lhe diga, no contexto:
"Há algum português que vá ao Brasil e não goze?», protesta o escritor... "
... até me engasguei ao ler, tenho de conter o riso.
E ñ é que ele deve saber do que fala.
Sem mais comentários. Irra!!


De JoãoGouveia a 14 de Outubro de 2009 às 19:41
Cheguei ao seu blog através do "caso mediático" momentâneo e reparei, por conseguinte, que é uma personalidade portuguesa que admiro em particular, portanto, parabéns pelo seu trabalho e uma boa continuação.


De Rute C. a 14 de Outubro de 2009 às 21:27
Eu não vou falar de portugueses e brasileiros, pois não gosto nada de generalizar… tenho vários amigos brasileiros que me dou bem, e há “fruta podre” em todo lado, em todas as nações. Por isso não falemos nessa já conhecida rivalidade, ou esse Amor/ódio que existe entre os dois países, pois não é isso certamente que está em causa.

Assisti o vídeo através da televisão, e procurei saber mais sobre ele na internet, pois não gosto de tomar conclusões precipitadas… mas infelizmente e foi com desagrado que o que vi na TV não é nenhum engano ou um vídeo encenado…

E após analisar o vídeo, para além da parte inicial, considero a parte final a mais grave de todas; Maitê Proença no seu auge a demonstrar o “carinho” e “respeito” que diz ter pelo nosso país, cospe no Mosteiro dos Jerónimos…

Sendo ela figura pública, brasileira, portuguesa, americana, chinesa, como já disse não interessa isso! O importante é que o gesto de gozo e falta de educação, tudo isso tem valor acrescido pois figuras públicas supostamente têm que dar o exemplo, senão daqui a pouco anda toda a gente a cuspir nas fontes e vão todos dizer “ah foi só uma brincadeira!”. E eu que até sou uma pessoa que brinca muito e já vi muitas situações cómicas cá do nosso Portugal, não achei a mínima piada ao vídeo em questão…

Há uma ENORME diferença entre brincar e rir de uma situação, outra é ridicularizar o património e o povo português, graças às toneladas de ignorância da pessoa em questão…e o último gesto dela no vídeo ficou-me cravado na memória e esse dificilmente será esquecido por mim.

Relativamente aos comentários que apontam o dedo a Luísa Castel-Branco, será irreal dizer que há censura neste blog, jamais poderia haver pois sei que a autora do blog é defensora da liberdade de expressão e foi essa mesma liberdade de expressão que Luísa Castel-Branco usou para dizer em público aquilo que muita gente guardou em pensamento, e após isso só tenho que dar a minha força à Luísa Castel-Branco, pela coragem que teve, sendo figura pública, de dar a cara, exibir este vídeo e dar o devido valor Maitê Proença, ou seja, um valor presentemente negativo.


De Protozoário a 14 de Outubro de 2009 às 21:51
Eis a razão da defesa do Miguel Sousa Tavares à Maitêzinha... A alcova tolda-lhe os pensamentos:

http://revistaquem.globo.com/Revista/Quem/0,,EMI26515-9531,00.html

Ainda por cima, o "saloio" é dado como um homem desconhecido...


De madalena jacques a 14 de Outubro de 2009 às 22:05
Cara Luisa,

Que bom a Maité ter-me "obrigado" a descobrir o seu Blog...Acredite que não foi tarefa fácil para uma sexagenária info-excluída, que gosta de escrever em papel e COM caneta.....Bom, mas parece que consegui esta proeza e por isso cá vai mais uma achega...Eu, como muitos da minha geração, cresci a sonhar com o Brasil....Descobri com pouco mais de 10 anos o Erico Verissimo, depois veio o Jorge Amado, o Machado de Assis, o Carlos Drummond ..Fui ao Villaret ouvir o Vinicius com o Toquinho e a Maria Creuza....Tom Jobim, Caetano, Gal, Bethania, são gente cá de casa....Eu amo o Brasil, chorei de emoção no Corcovado, conheço o Brasil (relativamente) depois de mais de vinte e tal visitas..desde a Foz do Iguaçu até S.Miguel do Gostoso...Conheço a beleza e a pobreza, conheço as diferenças e amo-as...Mas não há amor sem respeito e quem não respeita não ama...
Por isso, não quero nem posso perdoar à Maité (sou saloia, pacóvia e sem sentido de humor)....Se ela fosse Sueca, chinesa,ou arabe ainda podia considerar..
Mas brasileira??????Neta de Português??Visita habitual cá de casa????Amiga pessoal de portugueses???Actuando em Portugal...Publicando livros em Portugal???Não, não tem desculpa e espero que todos os brasileiros que vivem em Portugal, todos os actores, musicos, artistas que actuam em Portugal, também não lhe perdoem, porque a esses, sim, ela prestou um péssimo serviço....Dizia a minha avó que quem não se sente não é filho de boa gente, e apesar DELA (Maité) achar que não, nós podemos ser saloios ,mas somos orgulhosamente BOA GENTE


De Pedro Almeida a 14 de Outubro de 2009 às 23:08
Cara Luisa , venho-lhe mostrar mais um atropleo dessa criatura brasileira que cada vez mais se enterra, nem uma avestruz consegue tanto como esta aventesma " como eles chamam por lá!

Mensagem que publicou no seu blog (Maitê): http :/ www.maite.com.br loader_blog.php

"Antes de mais nada peço perdão a quem possa ter ofendido. Aquele é um vídeo caseiro, artesanal, produzido entre amigos num dia de folga enquanto estive em Portugal em março de 2007, há dois anos e meio. Excursionei por um mês ao longo do país levando uma peça de teatro de minha autoria, e, à volta de viagem o vídeo foi exibido no Saia Justa, pois este é um programa - em que sou uma das apresentadoras - que compreende o humor; nós ali brincamos com o papa, com o presidente Lula, com nossas mazelas pessoais.

O brasileiro aliás, via de regra é assim, irreverente. Nós brincamos com aquilo pelo que temos carinho. Tenho um avô português, Augusto Gallo, patrono benfeitor do clube português do Rio de Janeiro, o Clube Ginástico (há no saguão de entrada um busto de bronze figurando meu avô). Pelo lado da mãe tenho o avô Proença. Sou também portuguesa e sinto, que como tal, posso brincar com os meus. Exatamente como os portugueses fazem ao dizer piadas dos brasileiros.

Aqui um exemplo de como é bom e saudável o humor de mão dupla. Os Gatos Fedorentos, queridos, me convidaram para uma sátira às novelas brasileiras - foi naquela mesma época em 2007 - participei encantada! Veja o Vídeo

E ainda... não estava 'cuspindo em Portugal' como sugeriu um infeliz sem qualquer sentido de humor, estava imitando a fonte ao lado que vertia água pela boca, numa evidente brincadeira de criança. Eu amo Portugal!"

Friso a parte em que ela compara aquele video aos Gato Fedorento, e ainda ---- "E ainda... não estava 'cuspindo em Portugal' como sugeriu um infeliz sem qualquer sentido de humor, estava imitando a fonte ao lado que vertia água pela boca, numa evidente brincadeira de criança. Eu amo Portugal!" ----

Ou seja não só nos insultou, não só fez passar uma má imagem (se bem que nós não precisamos desta senhora para mostrar quem somos), como também VOLTOU a insultar-nos, chamando-nos de INFELIZ!!

"Minha nossa" como dizem os brasileiros, "tou enchendo o saco!"

Pedro Almeida


De ClandestinaMiss a 15 de Outubro de 2009 às 07:05
Comparo a actitude de Maitê Proença, àquelas pessoas mal nascidas e mal educadas que são convidadas para casa de alguém e que sendo convidadas colocam defeito em tudo o que lhes é servido, comem e no fim do repasto dizem que a comida na casa deles é que é boa!

Claro que quem não se sente não é filho de boa gente, mas...

As acções ficam e definem quem as pratica e Maitê Proença não foi nunca e nunca será uma senhora!

Existem rameiras com mais dignidade.

Quanto ao Miguel Sousa Tavares, lamento-o e lamento o tempo perdido da Sofia e do Francisco em o tentar educar.

Enfim pais que morreriam de vergonha se o lessem agora a defender o indefensável e a axincalhar um povo a quem eles tanto deram e respeitaram.

Luísa, eu estou consigo.
Essa Maitê deve ser impedida de por novamente os pés no nosso país e deve ser considerada persona non grata em Portugal.

Cordiais e respeitosos cumprimentos



De Anónimo a 15 de Outubro de 2009 às 11:32
Bom dia Luisa Castel Branco. Sou portuguesa e orgulho-me de o ser. Quanto ao comentário mal educado e sem conteúdo da senhora Karla em relação á sua pessoa, não queria deixar de manifestar aqui todo o meu apreço por pessoas como a Luisa , corajosas, frontais e talentosas e como se costuma dizer, em relação á falta de formação dessa senhora Maite ou lá o que é, "Quem não se sente não é filho de boa gente". Quanto ao Miguel Sousa Tavares, também eu o admirava e bebia com deleite tudo o que dizia. Felizmente abri os olhos e acho que das duas uma, ou o homem não passa de "um puto rico mimado" que dispara a torto e a direito sem pensar no que diz, ou perdeu de vez o discernimento. Bastou ouvi-lo chamar desequilibradas a todas as pessoas que tem cães, a que ele com manifesta ignorância chama perigosos. Para ele..." Pense antes de falar, deixe de ofender gratuitamente pessoas que sempre o acarinharam.
Bem haja Luisa
Um beijo
Irene Pereira


De Nana Odara a 15 de Outubro de 2009 às 16:01
Olá Luisa, ainda não conhecia seu blog, mas conheço um pouco do seu trabalho, moro em Portugal há 6 anos...
Acho q homens brasileiros falando mal de Portugal é uma coisa tão banal e comum, q nunca mereceu tanto destaque...
Mas uma mulher qqr coisa q faça é logo com uma paulada em cima, " se vc não souber pq tá batendo, ela sabe pq tá apanhando..."
O q me deixa triste nisso é ver como ainda a mulher ainda vê a outra como rival, como está tão distante da Lealdade Feminina, q é tema do meu blog... sim, uma utopia...
Mas nesse caso aproveito pra dizer, q em nome dos brasileiros devo esclarecer q não existe um único brasileiro no universo q não fale mal de Portugal pelo menos uma vez na vida, assim como não existe um único português q não fale mal de Portugal TODOS OS DIAS... E tbm falam mal do Brasil, dos brasileiros, e das brasileiras... das brasileiras então... aaaaafffe...
Minha linda, cuide do seu coração e não se aborreça com coisas q não tem importância, não tanta importância... pq a boca fala daquilo q o coração transborda...
Transbordemos paz, e LEALDADE FEMININA... bjins...

(Só os homens ficam satisfeitos ao ver as mulheres umas contra as outras... ainda mais se for por causa deles...)


De Andrea a 15 de Outubro de 2009 às 17:34
Olá Nana,
acabei agora de ver o seu comentário e encontro no seu discurso alguma incoerência
Trata do assunto como uma guerra de mulheres, contudo demonstra por sua parte complexo em ser brasileira. Esta guerra não é encarada por si, como sendo entre a Luísa e a Maitê, é mais entre você e as portuguesas.
Não é só você que sabe o que se diz das brasileiras .. aaaaafffe ... eu própria conheço muitas e elas mesmas o dizem, e para confirmar o relato, basta abrir os classificados de qualquer jornal nacional.
A sua compatriota Maitê só demonstrou falta de educação e respeito. Não somos nós portugueses que temos falta de humor.
Defeitos temos todos, é certo, mas isso não dá direito a ridicularizar um país inteiro.
Lealdade feminina é aquilo que você não está a ter com todas as mulheres portuguesas, e sabe porquê? porque você é brasileira.
Amiga Luísa desejo-lhe muito sucesso e felicidade.


De Nana Odara a 15 de Outubro de 2009 às 23:18
Andreia,

entendo seu aborrecimento e lamento...

Mas respeito integralmente o seu direito de se manifestar e dar a sua opinião.
Embora não altere em nada a minha, nesse caso especificamente...

A continuação de uma boa noite e muitos beijinhos pra si, linda... da minha parte desejo muita paz... e lealdade feminina...

Meus cumprimentos...

Nana


De Andrea a 19 de Outubro de 2009 às 11:37
Bom dia Nana,
ao que a mim respeita, a autora deste blog permite a manifestação de opinião a qualquer um, independentemente da posição tomada.
Não quis nem quero persuadi-la a mudar de opinião, eu só dei a minha visão dos factos ... e tal como você, continuo a ver as coisas da mesma forma. Continuo a vê-la a si, numa guerra de mulheres.
O seu discurso não é de uma mulher que preza a lealdade feminina, mas se ambiciona tê-la permita-me dar-lhe um concelho: antes de mais seja leal e sincera consigo mesma.
Vamos viver nessa paz que prega, sem inveja e ódios femininos.
Cumprimentos,
Andreia.


De Nana Odara a 19 de Outubro de 2009 às 21:23
"Nós não vemos os outros com clareza, e o que obscurece a nossa visão são os preconceitos que a pessoa supostamente objectiva se recusa a reconhecer.

Uma pessoa objectiva diria que não é responsável pela guerra, mas uma pessoa que sabe psicologia sabe que cada um de nós é responsável porque cada um de nós tem sempre uma área de hostilidade, que depois é projectada para hostilidades colectivas mais vastas."

Frase de Anais Nin

Tens toda razão,
Boa noite, bons sonhos...


De Andrea a 21 de Outubro de 2009 às 11:31
... É tão fácil a Paz ... é tão fácil Amar ...
Onde não existe nada, pode sempre nascer algo precioso e sincero.
Quando baixamos as armas tudo é mais fácil, não porque fomos vencidos, mas porque atingimos um estado superior ... porque aprendemos a superar as barreiras sem travar guerras inglórias.
Um sincero cumprimentos de amizade para ti Nana,
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

... É tão fácil a Paz ... é tão fácil Amar ... <BR>Onde não existe nada, pode sempre nascer algo precioso e sincero. <BR>Quando baixamos as armas tudo é mais fácil, não porque fomos vencidos, mas porque atingimos um estado superior ... porque aprendemos a superar as barreiras sem travar guerras inglórias. <BR>Um sincero cumprimentos de amizade para ti Nana, <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Andrea</A> .


De Francisco a 19 de Outubro de 2009 às 13:16
Cara Nara

Você solicita a "solidariedade feminina", sobre este tema?
Este tema, deve-o o entender por hermafrodita, assexuado!
Se a intenção é desviar o centro do assunto, ou tentar manipular o silêncio das pessoas , até a compreendo no desconformo da manifestação Xenofoba da sua conterrânea.
Convenhamos que no mínimo, usa de argumentos pouco válidos, a raiar o insulto à inteligência das pessoas.Mas é possível aferir, que pretende transmitir a ideia que " foi uma coisita de nada".
Sera isso, uma manifestação do complexo Vira-Lata Brasileiro ?Conforme livro de seu conterrâneo ?

Mas igualmente, como se diz ao Brasil :

"Pimenta nos outros...é refresco para mim."

Neste aspecto , compreendo-a perfeitamente....é doce para si.
Já agora, é incrivel o que se descobre sobre o Brasil , que deixo a todos os meus compatriotas, que vejam, este excelente e corajoso texto de um cronista Brasileiro :

http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=16191&alterarHomeAtual=1

Que realidade sórdida.......
Uma tristeza.Nem o complexo de édipo com super cola, chegaria tão baixo.



De Nana Odara a 19 de Outubro de 2009 às 21:11
Francisco,
todos os humoristas brasileiros estão fartos de usar os portugueses em suas piadas e até onde eu sei, nenhum de vós demonstrou tamanha indignação, só o fizeram agora pq as mulheres começaram a atacar outra mulher, foi assim q começou essa história, aós o vídeo ser exibido num programa bastante feminino...
Obviamente se os humoristas homens podem blasfemar contra Portugal desbravadamente, mas uma mulher, q ainda por cima é luso descendente, não pode ter um momento de humor...
Ou é um exagero, e sexista, ou então ela está totalmente errada, e eles totalmente certos, uma vez q nunca foram contestados...
Pra mim é exagero, e acho q no momento, em Portugal ha situações q merecem muito mais atenção, essa sim desviada por um assunto q por mais q se queira não vai causar uma "saia justa" com a diplomacia dos países irmãos...

Nem eu vou mais por ai... tudo q tinha a dizer está no blog da Rosa Leonor, saudações bem humoradas...


De AVELINO a 16 de Outubro de 2009 às 19:52
CARO AMIGO SOUSA TAVARES

RECOMENDO-LHE QUE BEBA MAIS ÁGUA (DAS PEDRAS) EM CERTAS OCASIÕES FAZ BEM.

PODIA DIZER-LHE MAIS, MAS FICAMOS ASSIM.

PORTUGUESES COMO VOCE ERA MELHOR IREM TODOS PARA O BRASIL, É POR GENTE ASSIM QUE ESTAMOS COMO ESTAMOS.

É O " TRIUNFO DOS PORCOS"


Comentar post

.links
.pesquisar neste blog
 
.mais sobre mim
.tags

. todas as tags

.arquivos

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Setembro 2006

blogs SAPO
.subscrever feeds