Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Luísa Castel-Branco

NOTICIAS NO FEMININO

Luísa Castel-Branco, 23.04.08

"Alta velocidade: ninguém te vai achar grande". Numa analogia entre o excesso de velocidade e o tamanho do pénis, foi com este slogan que uma campanha australiana de prevenção rodoviária tentou chegar aos condutores mais jovens. O governo diz que o método já revelou ser "eficaz".

Os anúncios de televisão mostram mulheres a dobrar o dedo mindinho quando os condutores passam em alta velocidade. Um gesto que dá a entender que quem guia tem esta atitude porque, na realidade, tem um pénis pequeno. De acordo com os responsáveis pela campanha, a ideia surgiu após constatarem que os jovens estão tão habituados a cenas de acidentes e feridos na televisão que esse tipo de imagens não os impressiona. No entanto quando se toca numa possível falta de virilidade, o caso muda de figura.

O público-alvo são jovens do sexo masculino, com idades entre os 17 e os 25. Segundo dados divulgados pelo próprio governo australiano, mais de 60 por cento dos jovens entrevistados após o lançamento da campanha admitiram que repensaram os seus hábitos de condução. Além do spot televisivo, a campanha foi também lançada em outdoors, anúncios no cinema e na Internet.

Embora já tenha sido acusada de discriminação, a agência de Trânsito do Estado de Nova Gales do Sul, responsável pela publicidade, afirma que "os egos feridos são um preço baixo a pagar se os anúncios ajudarem a salvar uma vida".

in Expresso Abril/08

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.