Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Luísa Castel-Branco

O SEGREDO DO SEGREDO

Luísa Castel-Branco, 03.08.07
Por vezes é necessário parar.
O dia a dia sufoca-nos e retira-nos a capacidade de ver para além da circunstância em que estamos.
Vem isto a propósito do livro “O Segredo” de Rhonda Byrne, editado pela Lua de Papel, que já vendeu em 33 países mais de 100 mil exemplares.
Assisti há dias a uma conversa entre amigos sobre o tema e procurei saber mais.
O livro está a gerar controvérsia, com apoiantes fervorosos e outros a acusaram-no de ser mais uma “fast-food” para a alma.
Mas de que se trata e porque é que se prende com o inicio deste meu texto?
 
“…Parte-se do principio de que, sendo o universo feito de energia, tudo o que pensamos e sentimos se materializa nas situações de vida para o melhor e para o pior.
…Peça o que quer, acredite e não se preocupe com o modo de alcançar o seu desejo. Ele vai cumprir-se, graças à Lei de Atracção, conceito-chave do livro.” (in Visão)
 
Óptima forma de sintetizar o conteúdo desta obra, cheia de depoimentos sobre vidas de pessoas que se alteraram profundamente ao conhecerem e aceitarem o Segredo.
Esta é mais uma obra de auto ajuda, das muitas que têm sido publicadas em todo o mundo.
E a questão básica é porque precisamos nós todos de ajuda, num momento de prosperidade, pelo menos além fronteiras, de liberdade plena, enfim, quando uma boa parte da humanidade parece ter acesso a tudo.
O problema, é que mesmo com o acesso a bens materiais, a tudo o que o dinheiro compra, falta-nos o resto.
E o resto é esta fome de infinito, ou se preferirem, esta demanda permanente da razão das coisas.
Tentamos desesperadamente dar sentido à vida, ou procurar o sentido da vida, e não encontramos a resposta.
Por isso, se eu acreditar no Segredo e focar o meu pensamento no que quero alcançar, e acreditar piamente que a Lei da Atracção vai funcionar, então encontro a esperança em alcançar os meus desejos e sonhos.
Claro que há um fundo de verdade nesta premissa avançada pelo livro.
Se eu tiver uma postura negativa perante a vida, se eu duvidar de mim constantemente, se eu culpara a má sorte (o que quer que isto queira dizer) ou os outros por todos os revezes, então nunca irei ser capaz de construir um futuro.
Mas, se eu me sentar na minha sala, a olhar com clareza o meu objectivo (seja ele qual for) e não mexer um dedo, seguramente que a dita Lei da Atracção vai dar de caras com a porta fechada e nada mais!
Voltemos pois ao início desta nossa conversa.
Por vezes, é necessário parar.
Obliterar todos os sons, refugiarmo-nos dentro de nós e equacionar de uma forma fria o que é a nossa vida, se é isso que queremos, e principalmente como nos vemos daqui a cinco ou dez anos.
Porque se procurar-mos bem, sem o barulho dos dias, podemos encontrar algo que nos faria feliz.
E se tivermos que mudar toda a nossa vida para alcançar esse sonho, é altura de o fazer.
A felicidade dá muito trabalho a construir. Mas arrastarmo-nos pela nossa curta existência sem a saborear, só pode transformarmo-nos em seres infelizes e amargurados.
Por isto tudo, roube ao mundo uns preciosos minutos para si.
E olhe o futuro.
O segredo, no fim de contas, é acreditarmos em nós mesmos e também aprender a gostar de nós.

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Eliseu Silva 20.06.2008

    LEIA NÃO VAI TOMAR O SEU TEMPO,
    E SIM TE AJUDAR A REFLETIR MENHOR
    O QUE É SER FELIZ.



    --------------------------------------------------------------------------------



    Durante um seminário para casais, perguntaram a uma das esposas:

    - Seu marido te faz feliz? Ele te faz feliz de verdade?

    Neste momento, o marido levantou seu pescoço, demonstrando total segurança. Ele sabia que a sua esposa diria que sim, pois ela jamais havia reclamado de algo durante o casamento. Todavia, sua esposa respondeu a pergunta com um sonoro NÃO, daqueles bem redondos!

    - Não, o meu marido não me faz feliz! (Neste momento o marido já procurava a porta de saída mais próxima!...). Meu marido nunca me fez feliz e não me faz feliz! Eu SOU feliz.

    E continuou:
    O fato de eu ser feliz ou não, não depende dele; e sim de mim. Eu sou a única pessoa da qual depende a minha felicidade. Eu determino ser feliz em cada situação e em cada momento da minha vida, pois se a minha felicidade dependesse de alguma pessoa, coisa ou circunstância sobre a face da Terra, eu estaria com sérios problemas. Tudo o que existe nesta vida muda constantemente: o ser humano, as riquezas, o meu corpo, o clima, o meu chefe, os prazeres, os amigos, minha saúde física e mental. E assim eu poderia citar uma lista interminável. Eu decido ser feliz! Se tenho hoje minha casa vazia ou cheia: sou feliz! Se vou sair acompanhada ou sozinha: SOU feliz! Se meu emprego é bem remunerado ou não: eu sou feliz! Sou casada, mas era feliz quando estava solteira. Eu sou feliz por mim mesma. As demais coisas, pessoas, momentos ou situações eu chamo de experiências que podem ou não me proporcionar momentos de alegria e tristeza. Quando alguém que eu amo morre eu sou uma pessoa feliz num momento inevitável de tristeza. Aprendo com as experiências passageiras e vivo as que são eternas como amar, perdoar, ajudar, compreender, aceitar, consolar. Há pessoas que dizem: hoje não posso ser feliz porque estou doente, porque não tenho dinheiro, porque faz muito calor, porque alguém me insultou, porque alguém deixou de me amar, porque eu não soube me dar valor, porque meu marido não é como eu esperava, porque meus filhos não me fazem felizes, porque meus amigos não me fazem felizes, porque meu emprego é medíocre e por aí vai. Eu amo meu marido e me sinto amada por ele desde que nos casamos. Amo a vida que tenho, mas não porque minha vida é mais fácil do que a dos outros. É porque eu decidi ser feliz como indivíduo e me responsabilizo por minha felicidade. Quando eu tiro essa obrigação do meu marido e de qualquer outra pessoa, deixo-os livres do peso de me carregar nos ombros. A vida de todos fica muito mais leve. E é dessa forma que consegui um casamento bem sucedido ao longo de tantos anos. Nunca deixe nas mãos de ninguém uma responsabilidade tão grande quanto a de assumir e promover sua felicidade.

    Portanto, SEJA FELIZ, mesmo que faça calor, mesmo que esteja doente, mesmo que não tenha dinheiro, mesmo que alguém tenha lhe machucado, mesmo que alguém não lhe ame ou não lhe dê o devido valor.

    Lembre-se sempre daquela célebre frase: ' Tenha serenidade para aceitar as coisas que você não pode mudar, coragem para modificar aquelas que podem ser mudadas e sabedoria para conseguir distinguir entre elas'.
    Não se esqueça cara amiga duma celebre frase de Jesus Cristo: O INIMIGO VEIO PARA MATAR,ROUBAR E DESTRUIR,MAS EU VIM (JESUS CRISTO) PARA QUE TENHAS VIDA E TENHAS EM ABUNDANCIA.Por essa razão não deixe que o adversario de Deus e do ser humano destrua a sua vida. Este é o trabalho dele,trazer disespero infelicidade,destruindo lares e projeto de vida.A sua vida é mui preciosa para si,seus filhos,seus amigos,pra sociedade e principalmente para Deus.Amiga não se deixe levar por pensamento suicida,pois estes pensamento não provem de si.O inimigo quer seifar sua vida para lançar-te ao inferno eterno.Não o deixe destruir-te agarra te aDeus entrega a sua vida a Jesus Cristo e veras o que é ser feliz. ler é muito bom,não se esqueça que o melhor livro para ser ler é a PALAVRA DE DEUS nela tens tudo o que precisas para viver a vida em pleno.um abraço e que Deus te ajude.
  • Sem imagem de perfil

    Andreia 27.03.2009

    Que Deus lhe mantenha sempre esse pensamento. Que hoje foi de tão grande ajuda para mim. Obrigada e em haja.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.