Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Luísa Castel-Branco

Fernando disse sobre “Não Digas a Ninguém”

Luísa Castel-Branco, 26.11.09

 


     
 
Ontem adquiri o seu último livro. Vai ser a minha leitura desta semana.

Há tempos atrás li a Alma. E fiquei deslumbrado. Ainda hoje é um dos livros que recomendo aos amigos.

Há muitos anos, na cidade de Santarém, conheci uma jovem adolescente que, salvo erro, também se chamava Luisa Castelo-Branco.

Ambos pertenciamos ao movimento Oasis , um movimento de jovens católicos. Ela andava no então Colégio Andaluz. Cruzamo-nos num retiro no Lar Andaluz.

Será concerteza outra Luisa (se é que era mesmo Luisa , porque a memória por vezes atraiçoa).
 
Fernando,
Não era eu. Sou nada e criada em Lisboa, ainda que tenho para mim que foi um engano! Só o campo me faz feliz.
Espero a sua opinião.
Um abraço,

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.