Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Luísa Castel-Branco

Quem nos acode?

Luísa Castel-Branco, 30.10.08
 
  

O Conselho Executivo da Escola Básica 2, 3 de Santa Maria, em Beja, demitiu-se em bloco, «saturado» com vários casos de violência no estabelecimento de ensino, como agressões entre alunos e a funcionários, professores e pais.

In Destak 27.10.08

Entre o tempo em que as punições físicas e psicológicas aos alunos eram a norma até aos tempos que correm, já perdemos as contas às reformas no sistema de ensino.

Infelizmente, não foram só os actos negativos que desapareceram, mas muita da qualidade que o ensino tinha em Portugal desapareceu por completo. Para além da mediocridade da maior parte das matérias, a questão coloca-se em saber como é humanamente possível ensinar num clima de medo que pode atingir o exemplo acima citado.

Nunca como hoje o bom ensino, aquele que abrirá as portas ao futuro só está ao alcance de quem tem dinheiro para o pagar. Desde pais que batem nos professores, a alunos que se agridem entre eles, ou aos seus mestres ou aos funcionários ou mesmo pais que se agridem mutuamente, é possível encontrar o que há anos atrás seria impensável.

Mas o problema estará apenas na escola ou isto é Portugal no seu melhor? Enquanto o Estado não tomar medidas pesadas e penalizar com cadeia quem actua desta forma nada vai mudar. E se um jovem não tem idade para tal, então que faça serviço cívico, por exemplo limpar as casas de banho do estabelecimento de ensino.

E, já agora, porque não copiar o que já se faz em vários países e responsabilizar judicialmente os pais pelos erros dos filhos? Quem nos ajuda enquanto ainda é tempo?

in Destak 28 | 10 | 2008